vacinas latam galápagos voos san cristobal baltra

LATAM transferiu as primeiras vacinas para Galápagos

o arínão LATAM Equador informaró que transferênciaó as primeiras doses de vacinas para as Ilhas Galápagamentos de aeroportos Quito y Guayaquil.

Com um protocolo de segurança muito exigente e delicado, o passado 1 y 2 Fevereiro LATAM Airlines Equador transporteó em dois vôos, de Quito e Guayaquil, para Baltra/Santa Cruz e São Cristoóbola respectivamente, a primeira entrega de vacinas contra a COVID-19, destinado às Ilhas Galápagos.

Esta transferência ocorre após a companhia aéreaínão foi disponibilizadoón -em dezembro passado- do Governo Nacional e das autoridades correspondentes, a mobilizaçãoóvacinas gratuitas em todas as rotas solareséserviços que a LATAM Airlines Equador atende no paísís, no âmbito do Programa Avión Solidariedade.

Uma vezáé toda a equipe humana e téO técnico da LATAM Airlines Equador lançou seu compromisso e capacidade para atender o transporte das vacinas e os membros da equipe do Ministério da Saúde que as transportaram, dentro do chamado, pela IATA, “missãoóenésimo do século”.

“Determinados a não nos deixarmos vencer pela pandemia, seguimos agregando ações para contribuir com o transporte de vacinas e, máé umún, em direção a esses lugares de difífácil acesso. O esforço que fazemos como LATAM para não perder as asas é baseado em nosso compromisso com o Equador e continuamos firmes em oferecer ao Governo que estamos prontos para trazer as vacinas de qualquer lugar que nos peçam.; Colocamos toda a nossa experiência e alcance para contribuir com ações que agilizem o processo de vacinação.ón. Na LATAM transportamos suños, e a nossa é continuar voando ao lado do desejo de todos os equatorianos de viverícomo melhor”, Comenteó Daniel Lang, Diretor Executivo da LATAM Airlines Equador.

Avión Solidariedade

O transporte gratuito de vacinas para conter o COVID-19 está enquadrado nas ações do Programa “Avión Solidariedade” da LATAM Airlines, que serviu de ponte paraéreo entre Sudaméricos e o mundo durante a pandemia para ajudar o paíonde atua para enfrentar a pandemia. Desde o 23 março passado, o programa foi transportado gratuitamente más de 900 profissionais de saúde e más de 400 pessoas com necessidades urgentes de cuidadosón-médica. Además, mudou más de 700 óórgãos e tecidos dentro de Sudamérica.

Espagueteén contribuiu para proporcionar segundas chances de vida a pacientes com cácâncer de sangue ao transferir cémãe de lula pela primeira vez, uma viageméareia Posição LATAM. Até a data, oito transportes de c foram realizadosémãe de lula: seis para pacientes do Chile atéés da rota de Frankfurt – Santiago; um do Brasil para a Argentina, comoí como outro de Santiago para a Europa.

Por outro lado, através da LATAM Cargo, Avión Solidario ha transportado más de 1.000 toneladas de carga, principalmente insumos mépalavras como máscaras, testesásolicitações de detecçãoónúmero de COVID-19, medicamentos, entre outros produtos, de diferentes partes do mundo para a regiãoón, beneficiando a Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peruú. O marco máé relevante para a transferência de insumos méA única coisa que aconteceu foi que a LATAM Cargoó pela primeira vez a rota para a China, realizando 60 vôos de PAíé asiáticoáSótão voltado para a regiãoón.

Deixe um comentário nesta postagem!

2 comentários sobre “LATAM transferiu as primeiras vacinas para Galápagos”

  1. Hola, Eu sou um leitor permanente de seus artigos, Gostaria de saber se vocês conseguem algo sobre o que aconteceu com a rota Latam de SEQM para SELO, cumprimentos e obrigado por nos manter informados

Role para começar